Insomnia
Carlos Medeiros

Carlos Medeiros é economista de profissão, mas desde cedo começou a interessar-se por fotografia. Nascido nos Açores em 1945, fez sempre coexistir a sua actividade profissional enquanto economista com o seu lado criativo, que ao longo dos anos mostrou no teatro, no cinema e, claro, na fotografia.

Expõe regularmente desde os anos 70 em iniciativas individuais e colectivas; o seu trabalho tem sido mostrado em Portugal, Espanha, França, Marrocos e nos Estados Unidos e está representado na colecção de fotografias do Château d’Eau (Jean Dieuzaide, Toulouse), Le Parvis-Galerie de Photographie (Tarbes), Centro Português de Fotografia (Porto),Teatro Nacional D.Maria II, Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, Centro Português de Serigrafia (Lisboa), Câmara Municipal de Almada, Turismo dos Açores, Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada, bem como em diversas colecções particulares.

Obs: Fotografias em película preto/branco IlfordHP5 400ASA. Laboratório N.Calvet, Lda.

500x500

Insomnia

Era uma vez uma noite em que o sono não chegava e o corpo se passeava, agitado, entre as quatro paredes do quarto e um tecto. O relógio, sempre presente, marca os ciclos da noite. À medida que as horas passam, a imaginação cresce. O corpo permanece no espaço contido, mas a mente passeia-se fora, nos sonhos, saiu pela janela e procurou a rua. É entre as sombras das luzes da noite, que os pensamentos vagueiam, imaginando o encontro que afugentou o sono e se transformou num sonho onde ficamos.

O que é um encontro? Um sonho? Um desejo? As seduções são histórias de encontros. São convergências de desejos. Os encontros, por sua vez, podem ser o fruto dos acasos mas podem ser, também, o território dos sonhos. Por vezes, todos imaginamos figuras que se cruzam, connosco como protagonistas ou como observadores. Ficamos a construir fantasias e a imaginar possibilidades.

Esta é a história de um encontro que nunca saberemos se aconteceu, ou se existiu ao longo de uma noite onde o sono não esteve presente. Há uma mulher, o espaço dela, a rua onde os encontros se tornam visíveis, os objectos que a cercam - o relógio, o cigarro, o telefone.

Não sabemos se estes encontros são reais ou imaginados. E se são o que queremos, ou o que tememos. Ficam entre a luz e a sombra.

Insomnia
64 páginas, capa dura, PVP 17,00€
depósito legal 375856/14
isbn 978-989-99027-0-1
Distribuição: Jazz-exportação de livros, sa, Rua das
Amoreiras nº72-A - geral.jazz@gmail.com
Impresso na Printer

Ao Correr do Tempo